F-commerce: o e-commerce dentro do Facebook

O que a palavra Facebook significa para você? Mais uma rede social, mais uma forma de manter contato com os amigos, mais uma alternativa para dizer quem você é? Sim, o Facebook é tudo isso, entretanto, ele quer estar muito mais presente em sua vida.

E-commerce é uma palavra comum no vocabulário de qualquer usuário da internet, pois trata-se de qualquer negociação de compra e venda feita via internet. Até aí nenhuma novidade, porém um novo formato de compra pela web chegou e pretende crescer vertiginosamente.

O f-commerce é a evolução do e-commerce, mas não pelo fato de o F vir depois do E, mas sim, porque o Facebook entrou no mundo das vendas online. Recentemente o aplicativo “Facebook Social Shop BigCommerce”  foi disponibilizado e, com ele, qualquer usuário pode usar a rede social para vender, comprar ou avaliar produtos.

Qualquer um mesmo?

Sim! O Big Commerce já oferecia seus serviços fora da atmosfera Facebook e mostra-se forte no mercado de vendas online. Tudo o que eles fizeram foi migrar para o Facebook e oferecer um aplicativo dentro da rede, para qualquer usuário que tenha uma “Fan Page” na rede social.

Para saber mais como utilizar o Social Shop BigCommerce, assista ao vídeo a seguir (em inglês):

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=tYt6riOx1xQ&feature=player_embedded]
Quem já está lá?

Empresas como Procter & Gamble, com o Pantene, e a grife Levi’s já tomaram a dianteira do processo. A Levi’s, por exemplo,  possui uma loja dentro do BigCommerce chamada “Friends Store” , que pemite aos mais de 400 milhões de usuários Facebook compartilharem suas avaliações sobre as peças da marca.

Ao acessar a loja, qualquer usuário pode conferir quais são as peças mais votadas e, se desejar, entrar na brincadeira apenas clicando no botão “Connect with Facebook”. Automaticamente o Facebook mostra  seus amigos que também gostaram de algo da Levi’s e vocês começam a trocar avaliações.

Assista ao vídeo a seguir e veja como a Levi’s está atuando neste nicho:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Ed5vJeaEuzA&feature=player_embedded]

As transações são feitas diretamente no site da loja, mas não se espante se em breve todo o processo de compra e venda se der dentro do Facebook. O acordo recente entre a rede social e o PayPal, denunciam um futuro ainda mais integrado.

Fonte: Social Commerce Today

PS.: Post publicado originalmente por mim no Blog3, o blog do Compra3.

Comentários

  1. Guto Kraft disse:

    Oi Camila.

    Achei bem interessante esse aplicativo. Era de se prever que logo algo do gênero apareceria no Facebook. Mas, dá pra notar, que ainda não é uma ferramenta madura para seus fins. Se ela se desenvolverá ou se surgirá alguma outra no seu encalço, descubriremos em breve :)

    Você organiza a informação muito bem. Os posts são órimos. Seu blog foi um achado!!

    Parabéns e até logo :)
    Guto Kraft

    1. CamilaCamargo disse:

      Oi Guto, de fato esta ferramenta ainda está começando, mas se você ler este post http://blog3.compra3.com.br/2011/01/05/infografico-2010-o-ano-do-social-commerce/ vai ver como o f-commerce vem evoluindo. Agradeço seu comentário e espero vê-lo sempre por aqui.

      Um abraço!

  2. [...] aplicativo para Facebook que permite a criação de um e-commerce dentro de uma fanpage, o chamado F-commerce. Depois de um tempo de espera, o app foi liberado nesta sexta-feira e, quem não foi viajar, pôde [...]

  3. Cristina disse:

    Olá! Conheço um aplicativo bem legal que lançaram essa semana, se puder dar uma olhada, acredito que poderá agregar ainda mais sobre esse seu assunto do F-Commerce: http://www.mysocialshop.com.br

    1. obrigada pela dica Cristina.

  4. [...] início de 2011 trouxe ao blog um post apresentando o F-commerce, um conceito que estava surgindo no mundo e chegando ao Brasil. Na ocasião citei, por falta e [...]