Ou navegue pelas categorias

Facebook Notícias

Facebook libera anúncios de máscara de proteção artesanal

Rede social passou a permitir a publicidade de máscaras de proteção artesanal, com algumas regras

anúncios máscara

Desde março, com o início da pandemia do coronavírus no Brasil, o Facebook vinha mantendo uma proibição nos anúncios de comercialização de máscaras de proteção. O objetivo da empresa era inibir a escassez de suprimentos de proteção médica e também fraudes financeiras.   

Pautada pelas orientações da OMS, a empresa resolveu voltar atrás quanto a proibição desses anúncios. Desde que produzido de forma artesanal, o item poderá ser vendido, inclusive de maneira orgânica.

A medida visa atender a necessidades das pessoas e empresas que trabalham para disponibilizar o item de segurança em meio a pandemia.

Outro motivo que levou o Facebook a reavaliar a proibição foi que o uso de máscara de proteção passou a ser obrigatório em muitos lugares.

O que o Facebook considera Máscara Artesanal?

São consideradas artesanais, as máscaras produzidas com tecidos ditos caseiros, como o algodão, ou de materiais não convencionais reutilizáveis. Outro ponto importante para não ser considerado um item médico com proibição, é a possibilidade de ser lavável e reutilizável.

Você pode gostar...

Antes da criação do anúncio, é importante que os anunciantes se atentem às Políticas de Publicidade do Facebook. Ainda que liberados, os anúncios desses itens sofrem algumas restrições, visando coibir golpes em um momento emergencial como o que estamos vivendo.

Saiba mais: Facebook Ads: os 3 erros fatais que podem bloquear sua conta de anúncios

São aceitos apenas promoções de contas com histórico de anúncios de mais de 4 meses, por exemplo. O Facebook também monitora países com altos índices de violação nas publicidades de suprimentos médicos, limitando o direcionamento territorial dos anúncios nesses locais.

O bloqueio continua nos anúncios das máscaras médicas, como as N-95 e cirúrgicas. As medidas também valem para as publicações realizadas no Instagram.

O Facebook informou ainda que está monitorando a pandemia com cuidado e que as restrições podem ser reavaliadas conforme a situação da saúde mundial.

Outros produtos 

Vale lembrar também que não só os itens com iminência de escassez estão proibidos de serem anunciados, mas outros conteúdos considerados inapropriados, como:

  • Os que prometem prevenção contra o vírus e que incitam medo com o objetivo de promover produtos relacionados ao coronavírus.

No Facebook Business, é possível encontrar a lista de materiais que passam por bloqueio temporário nos anúncios.

As páginas que não adequarem seus posts poderão sofrer medidas de punição: como desativação da conta de anúncios e até mesmo da página no Facebook ou no Instagram.

Porém, nem tudo está proibido. Estão permitidos:

  • Anúncios para campanhas de doação, desde que não dependa da comercialização de algum produto banido;
  • Anúncios para campanhas de reconhecimento da marca, por anunciantes de produtos banidos, desde que não sejam promovidas vendas.

Independente do produto que se quer anunciar, a dica é ficar atento às atualizações das Políticas de Publicidade do Facebook. Essa é a melhor forma de garantir o sucesso dos anúncios do seu negócio.

Você pode gostar...

Você também pode gostar

Você pode gostar...

Artigos Relacionados

Artigos patrocinados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial