Ou navegue pelas categorias

Google

Google Search Console: o que é e 3 formas de gerenciar

Conheça o Google Search Console, ferramenta que vai te ajudar a gerenciar e monitorar o seu site. Confira 3 formas de como fazer isso

Google Search Console

Quem usa a internet como canal de comunicação e divulgação de um negócio sabe da importância que boas ferramentas têm para o desenvolvimento das estratégias. Por isso, hoje vamos te apresentar o Google Search Console.

A gigante Google possui dezenas de ferramentas, muitas delas gratuitas, que auxiliam no desenvolvimento de negócios online com recursos que vão desde o monitoramento de métricas até gestão de equipes.

O Google Search Console é uma delas e promete te ajudar a rankear melhor o seu site no buscador número 1 do mundo.

O que é o Google Search Console e como funciona?

O Google Search Console, antigamente conhecida como Webmaster Tools, é uma ferramenta criada pelo Google que auxilia no rankeamento e indexação de sites no buscador da empresa.

Com ele, você consegue gerenciar sites e acompanhar como está a visibilidade deles no Google.

Você pode gostar...

De modo geral, pode-se dizer que a Google Search Console é uma grande caixa de ferramentas, que te ajuda a aplicar melhorias nos sites para que eles apareçam em posições cada vez melhores no Google.

As melhorias estão relacionadas a diversos fatores, como erros no HTML, velocidade de carregamento das páginas e otimizações de SEO.

Quem pode usar o Google Search Console?

Qualquer pessoa que tenha ou gerencie um site pode usar a ferramenta: desde usuários novatos até desenvolvedores com mais conhecimento técnico.

O Google Search Console é para:

  • Proprietários de empresas;
  • Especialistas em SEO e profissionais de marketing;
  • Administradores de sites;
  • Desenvolvedores Web.

Como configurar o seu site no Google Search Console

Para utilizar o Google Search Console, você precisa ter uma conta Google, ter um site e adicionar a propriedade desse site à ferramenta.

Para adicionar uma propriedade do site você deve:

Passo 1. Acesse a ferramenta e faça login com sua conta Google;

Passo 2. Abra o menu suspenso do seletor de propriedade e clique em Adicionar propriedade;

Passo 3. Escolha o tipo de propriedade que você deseja configurar. Se você tem dúvidas sobre qual é a correta, nesse link é possível encontrar todas as informações sobre cada uma.

Passo 4. Feito isso, a ferramenta vai te oferecer formas de verificar a propriedade, pois você precisará provar que é realmente o responsável pelo site que deseja incluir na plataforma.

Passo 5. Depois de escolher o método de verificação, o Google iniciará a coleta dos dados sobre o seu site.

Importante: De acordo com o Google, os dados devem começar a aparecer dentro de alguns dias. Se isso não acontecer, seu site pode não ter aparecido no buscador ou você pode ter errado o endereço cadastrado na propriedade.

Como usar o Google Search Console

Por ser uma ferramenta que atende desde novatos até desenvolvedores profissionais, o Google Search Console pode ser usado de diferentes maneiras.

Se você é iniciante ou não tem muito conhecimento técnico sobre desenvolvimento, o Google orienta que você gerencie a ferramenta de 3 formas:

1. No dia-a-dia

Você não precisa ficar acessando a ferramenta com frequência. Para facilitar o gerenciamento, o Google enviará e-mails para sempre que algo precisar da sua atenção.

Você pode gostar...

Geralmente, os chamados eventos incomuns são acontecimentos em que seu site pode ter sido invadido ou quando há algum erro no código html ou problemas de indexação.

Sendo assim, depois de configurar sua propriedade, você poderá ficar tranquilo. Basta apenas ficar de olho caso receba algum e-mail da ferramenta.

2. Mensalmente

O Google indica que você consulte o seu Search Console uma vez por mês para acompanhar o status da ferramenta.

O status te informa como está a integridade do seu site. Com ele, você consegue ter uma noção mais ampla sobre o aumento no número de erros em suas páginas ou até mesmo sobre uma diminuição do números de cliques recebidos no buscador.

3. Quando algum conteúdo for alterado

Sempre que você fizer alguma alteração importante no seu site, o ideal é avisar ao Google por meio do Google Search Console.

Quando um texto do seu blog for atualizado, por exemplo, você pode pedir ao Google uma nova indexação dele por meio da Ferramenta de inspeção de URL.

O Google Search Console é pago?

Muitas vezes, há quem deixe de usar o Google Search Console, pois acha que essa é uma ferramenta paga. Porém, ela não é.

Tanto os recursos que você acessa diretamente na ferramenta quanto aos relatórios e avisos que recebe são gratuitos. Não há com o que se preocupar.

Vale a pena usar o Google Search Console?

Nossa resposta para essa pergunta é SIM. Vale muito a pena.

Primeiro, por ser uma ferramenta totalmente gratuita e que vai te ajudar a manter o seu site em ordem. Segundo, por ser muito útil para te ajudar a ranquear em posições cada vez melhores na pesquisa do Google.

Você pode gostar...

Você ainda pode usá-la em conjunto com outras ferramentas como o Google Search Analytics, por exemplo. E potencializar ainda mais a análise do desempenho e coleta de dados dos resultados do site.

Ela é realmente uma excelente ferramenta se você quer melhorar seu desempenho e gerar mais tráfego para o seu site pelo Google Analytics.

Aqui, demos apenas uma pincelada sobre como ela funciona. Se você quiser ir mais a fundo, recomendamos que comece por fazer a sua conta, configurar o seu site e então, vá conhecer melhor a plataforma. Você vai aprender muito sobre ela durante o próprio uso.

Também é interessante conhecer alguns outros assuntos como SEO, por exemplo. Então, você já pode começar aqui mesmo. Aproveite e veja nossos outros conteúdos:

O que é SEO, como funciona e 4 ferramentas para usar

Google Tag Manager: aprenda como usar o GTM em 6 passos

Pesquisa no Google: conheça 15 truques para buscas precisas

Você pode gostar...

Você também pode gostar

Você pode gostar...

Artigos Relacionados

Artigos patrocinados

1 Comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial