Ou navegue pelas categorias

Empreendedorismo

O que é freelancer: 10 sites para divulgar os seus jobs

Descubra o que é freelancer, suas vantagens e desvantagens e mais 10 dicas de sites para oferecer seus jobs e aumentar a sua renda

o que é freelancer

Seja para ganhar um dinheiro extra, voltar para o mercado de trabalho, conquistar sua autonomia financeira ou ainda buscar uma qualidade de vida melhor, o mercado para um freelancer tem crescido cada vez mais. Mas afinal, o que é freelancer?

Antes de explicarmos com mais detalhes o que é freelancer, precisamos ressaltar que o freelancing é uma área importante no mercado de trabalho do Brasil e do mundo, pois gera oportunidades tanto para os freelancers quanto para as empresas.

Segundo a pesquisa Mercado Freelancer 2019, a expectativa é que o mercado de freelancers se popularize ainda mais nos próximos anos. Isso é porque esse estilo de vida proporciona liberdade, autonomia e flexibilidade, além da chance de ganhar mais, já que depende praticamente da produtividade do freelancer.

Por isso, preparamos nesse post um resumo sobre o que é freelancer e os principais requisitos para quem quer se aventurar nesse mercado que vem crescendo cada vez mais aqui no Brasil.

O QUE É FREELANCER?

Com certeza você já deve ter ouvido por aí a palavra freelancer ou talvez o termo “freela” que é a sua abreviação. Mas muita gente ainda tem dúvida de o que é freelancer.

Você pode gostar...

Esse termo é do inglês e significa “profissional liberal”, ou seja: é alguém que presta algum serviço ou faz algum trabalho sem vínculo empregatício. Aqui no Brasil, esse tipo de trabalho é mais conhecido pelo termo “autônomo”.

O QUE É FREELANCER E COMO FUNCIONA?

O freelancer é a pessoa que prestará seus serviços ou fará um trabalho, também conhecido pelo termo em inglês “job”, por um tempo determinado para você ou uma empresa.

Embora não haja vínculo empregatício, o freelancer pode fazer vários jobs para a mesma pessoa ou empresa, além de trabalhar com outros ao mesmo tempo. Engana-se quem acha que freelancer é somente online.

Existem muitas oportunidades para trabalhar como freelancer, principalmente para quem não tem experiência. Por exemplo, você pode trabalhar como freelancer em eventos, que é uma área que sempre precisa de mão-de-obra para projetos pontuais e, dependendo da função, não é necessário experiência.

Uma questão que também é muito importante para um freelancer, independente da sua área de atuação, é saber quanto cobrar pelo seu serviço ou hora de trabalho. Para você ter um norte, o site 99 Freelas fez uma Calculadora Freelancer. Para acessá-la, clique aqui.

O QUE É PRECISO PARA SER FREELANCER?

Basicamente é preciso executar bem o trabalho para o qual você está oferecendo o seu serviço. Mas você deve estar se perguntando “não é preciso ter um diploma?” Bom, isso depende.

Alguns trabalhos, como o de engenheiros e arquitetos por exemplo, podem exigir a graduação ou até pós-graduação do profissional. Na verdade, na maioria dos serviços e projetos, o diploma pode acabar sendo um diferencial na contratação de um freelancer.

Mas muitos tipos de trabalho acabam levando em consideração mais a experiência do freelancer do que diplomas e cursos. Como é o caso de desenvolvedores web, fotógrafos, web designers e editores de vídeo, só para citar alguns poucos exemplos.

Nesses casos, o diferencial é a experiência do freelancer. Por isso, um portfólio bem montado com os jobs executados anteriormente pode ajudar. O portfólio é uma espécie de currículo visual.

O portfólio serve para demonstrar na prática a experiência de um profissional. Nele você pode colocar todos os seus melhores trabalhos. As redes sociais podem ser uma ótima opção para quem quer montar seu portfólio online.

Além disso, separamos alguns sites para você montar seu portfólio online de freelancer para vários tipos de serviços, e te ajudar a atrair mais clientes:

Existem outros “requisitos” para trabalhar como freelancer que não envolvem certificados e graduações, afinal muitas pessoas não se adaptam nesse estilo de trabalho. Para se sair bem como freelancer, você precisa ter ou desenvolver algumas características como:

  • Ser uma pessoa comunicativa;
  • Você tem que administrar bem o seu tempo;
  • Ser uma pessoa organizada;
  • Conseguir se planejar financeiramente;
  • Ser uma pessoa comprometida;
  • Saber negociar e alinhar as expectativas com seus clientes;
  • Fazer um bom networking.

VANTAGENS DE SER UM FREELANCER

Não é à toa que o mercado de freelancers vem crescendo cada vez mais. Na pesquisa Mercado Freelancer do ano passado, dos profissionais entrevistados que não trabalham como freela, 87,5% pretendiam ingressar nesse mercado em 2020.

Isso se deve muito as vantagens de ser freelancer, como o famoso trabalhar home office. Quem não quer trabalhar do conforto da sua casa e fazer seus próprios horários? Ou ainda trabalhar de onde quiser, podendo fazer a viagem que tanto queria e ainda executar algum job para pagar as despesas.

Saiba Mais: Nômade Digital: um guia para você viver e trabalhar como e onde quiser

Outra vantagem muito boa na vida do freelancer é a possibilidade de ganhos maiores. Seja trabalhando apenas com isso, ou ainda fazendo trabalhos paralelos ao emprego formal, como forma de complementar sua renda mensal.

Você pode gostar...

Afinal, estipulando seu preço por hora ou por projeto executado, quanto mais horas e projetos conseguir entregar, mais dinheiro irá ganhar. Mas não esqueça de fazer seu trabalho com qualidade, afinal até hoje o maior canal para conseguir clientes é o boca-a-boca, a famosa indicação.

E ninguém vai indicar um freelancer que não faz um bom serviço.

DESVANTAGENS DE SER UM FREELANCER

Como nem tudo são flores, também existem as desvantagens em trabalhar como freelancer. Já diria o filósofo contemporâneo Seu Madruga: “Não existe trabalho ruim! O ruim é ter que trabalhar”.

Brincadeiras à parte, como em qualquer outra área de trabalho, ser freelancer tem seu lado ruim também como, por exemplo: não ter direitos e benefícios trabalhistas (13º salário, FGTS, férias remuneradas, vale-refeição, vale-transporte, entre outros).

Outra desvantagem é a falta de estabilidade financeira, afinal você normalmente é contratado para um serviço ou projeto. Por isso é muito importante ter, além do planejamento financeiro em dia, uma boa rede de contatos.

SITES PARA TRABALHAR COMO FREELANCER

Agora você já sabe o que é freelancer, o que é preciso para ser um e as vantagens e desvantagens dessa vida profissional. Se quiser seguir esse caminho, existem vários sites em que você poderá se cadastrar e oferecer seu serviço.

Confira nossa seleção de sites para encontrar trabalhos de freelancer:

Além dos sites específicos para esse fim, nas redes sociais você também pode encontrar oportunidades em grupos de trabalho freelancer.

Bom, você já sabe o que é freelancer, um resumo do que é preciso para trabalhar como um, além do lado bom e ruim dessa área. Se você está buscando começar como freelancer ou complementar sua renda, indicamos nesse post alguns cursos online de marketing digital que são gratuitos.

Conta pra gente nos comentários se você já sabia o que é freelancer.

Você pode gostar...

Se ainda trabalha como um, aproveite e faça seu jabá aqui nos comentários, quem sabe um leitor esteja precisando do seu serviço!

Você pode gostar...

Você também pode gostar

Você pode gostar...

Artigos Relacionados

Artigos patrocinados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial