Ou navegue pelas categorias

Empreendedorismo

Redes sociais no trabalho: 11 etiquetas básicas para usar

Tivemos um bate papo com a Record News e falamos sobre como utilizar as redes sociais no trabalho de maneira legal e produtiva

redes sociais no trabalho

Há algum tempo tivemos a oportunidade de participar do Programa Link, da Rede Record News. No programa, conversamos sobre quais cuidados, oportunidades e desafios as empresas e os funcionários têm ao usar as redes sociais no trabalho.

Esse é um tema delicado, pois envolve vários pontos como: produtividade, relacionamento, resultados, liberdade e muito mais.

Uma pesquisa realizada pela Global Digital Overview 2020, mostrou que 66% dos brasileiros já estão nas redes sociais. E que o Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking das populações que passam mais tempo online.

De acordo com a pesquisa, o brasileiro gasta em média 3 horas e 31 minutos do seu dia, checando uma rede social. A média mundial é de 2 horas e 24 minutos. Ou seja, é inegável que nós brasileiros gostamos muito do agitado mundo digital.

Logo, podemos deduzir que, para nós brasileiros, é quase impossível não dar uma olhadinha no Facebook durante nosso horário de trabalho.

Você pode gostar...

Lógico que em algumas funções, como no marketing digital, permanecer online é sinônimo de produtividade. Porém, em alguns cargos, o profissional precisa saber que ficar o tempo todo no celular pode não só causar queda de produtividade, como também acidentes de trabalho.

Por isso, queremos compartilhar essa entrevista com vocês, e também falar das boas práticas do uso das redes sociais no ambiente de trabalho.

A relação das redes sociais com o ambiente de trabalho

Confira a seguir, o bate-papo com a Record News.

VOCÊ É EMPREENDEDOR? O QUE FAZER?

Se você é empreendedor e vem sofrendo com a queda no desempenho dos seus funcionários por conta do uso das redes sociais no trabalho, nossa orientação é a seguinte:

  • Defina as regras do jogo. Converse com eles e deixe claro o que pode e o que não pode em relação às redes sociais no trabalho;
  • Defina metas desafiadoras para ele e recompensas atrativas. Assim, ele pode se sentir cada vez mais motivado para produzir;
  • Alerte quando o uso indevido do celular está atrapalhando o desempenho do colaborador. Não o avisar sobre isso poderá ser um erro que levará a empresa a perder seu empregado no futuro;
  • Crie uma política de reincidência. Se ele cometer 3 vezes a mesma falha, deixe claro que ele pode sofre uma advertência prevista em lei;
  • Indique páginas ou grupos relacionados ao trabalho. Essa pode ser uma boa alternativa para que seus colaboradores tirem um proveito positivo ao mesmo tempo em que utiliza suas redes sociais.

Lembrando que não existe uma lei que proíbe o uso de redes sociais no trabalho. Porém, as empresas podem adicionar a regra de proibição em seu regimento interno ou código de conduta dos profissionais. Isso trará validade as punições nos casos de uso indevido.

REDES SOCIAIS NO TRABALHO: QUAIS SÃO OS LIMITES PARA OS COLABORADORES

Se você é um colaborador, saiba que as mídias sociais podem ser fontes incríveis de informação e conteúdo.

Mas, bom senso e cuidado são fundamentais para que você não perca sua produtividade e nem corra o risco de ganhar uma justa causa. Por isso, essas dicas podem ajudar:

  • Converse com seu superior para definir as regras de uso das mídias sociais. Definam horários que você tem liberdade para checar seu WhatsAppFacebookInstagram ou qualquer outra rede social.
  • Defina o máximo de tempo que você pode passar nessas redes ao longo do dia, sem comprometer a sua entrega;
  • Quando você estiver trabalhando, coloque o celular no silencioso, vire ele com a tela para baixo e veja suas notificações apenas nos momentos de intervalo;
  • Se ficar difícil, deixe ele dentro da bolsa ou em uma gaveta;
  • Se o problema for no computador, use aplicativos de produtividade ou programas que bloqueiam o acesso às mídias sociais em determinados horários. No começo será difícil largar “o vício de dar uma olhadinha”, mas logo você se acostuma;
  • Evite responder os aplicativos de mensagens quando o assunto sai do escopo do trabalho.

Como colaborador, é sempre bom verificar as regras da organização, antes de sair usando o celular de forma exagerada.

Além disso, vale a pena lembrar que o conteúdo das suas publicações também pode ser avaliado pelas empresas contratantes. A postura nas redes sociais pode influenciar no mercado de trabalho.

REDES SOCIAIS COMO FERRAMENTA DE TRABALHO

As redes sociais podem também ser uma ferramenta aliada aos objetivos de sua empresa e também de seus colaboradores.

Como citamos anteriormente, as empresas de marketing digital sabem bem disso. O que muitos empresários não se dão conta é que qualquer empresa pode usar as mídias sociais para alcançar o seu objetivo.

As redes sociais no trabalho podem ser de bom proveito nas empresas para:

  • Anunciar produtos e serviços: de maneira paga ou até mesmo de forma orgânica;
  • Atender clientes: pelo inbox ou até mesmo tirar dúvida respondendo comentários;
  • Mostrar autoridade: através de publicações sobre o seu negócio, que mostram ao seu público que você entende e domina o seu mercado;
  • Engajar seu público: através de enquetes e sorteios, para aumentar a sua publicidade e ser sempre lembrado por seus clientes;
  • Levantar prova social: avaliações positivas em suas páginas mostram a qualidade da sua entrega aos seus clientes.

Essas dicas servem para mostrar que não será problema acessar suas redes sociais no trabalho. A questão é fazer isso de forma correta, ou seja, pode usar, mas precisa usar direito.

A internet pode sim trazer uma queda de produtividade, mas também poderá contribuir com o seu negócio.

Ainda mais quando falamos em anúncios de produtos nas redes sociais. Hoje elas são uma das formas acessíveis, disponíveis no mercado, para atingir um grande público.

Você pode gostar...

Esperamos que essas dicas possam ajudar você a usar de forma mais eficiente as redes sociais no trabalho. Se você já adotou uma boa prática para uso, seja no âmbito pessoal ou profissional, conta aqui nos comentários para a gente.

Você pode gostar...

Você também pode gostar

Você pode gostar...

Artigos Relacionados

Artigos patrocinados

16 Comentários

  • Avatar
    Rodrigo
    Responder

    O player não funciona…

    • Avatar
      Camile Woinarski
      Responder

      Está atualizado Rodrigo 😉

  • Avatar
    Rodrigo
    Responder

    O player não funciona…

    • Avatar
      Camile Woinarski
      Responder

      Está atualizado Rodrigo 😉

  • Avatar
    Wagner Designer
    Responder

    Shoooow, Mega Professora!

  • Avatar
    Wagner Designer
    Responder

    Shoooow, Mega Professora!

  • Avatar
    Antonio Pinheiro da Silva
    Responder

    Bom dia Camila, sou fã do seu trabalho, te acompanho sempre que disponho de tempo. Parabéns. continue sempre com muito sucesso

  • Avatar
    Antonio Pinheiro da Silva
    Responder

    Bom dia Camila, sou fã do seu trabalho, te acompanho sempre que disponho de tempo. Parabéns. continue sempre com muito sucesso

  • Avatar
    Marcello Ruoppolo
    Responder

    Olá Camila, tudo bem?

    Estou tendo um problema sério com facebook ads, eu gostaria de saber se tem algum jeito de eu entrar em contato com eles para reclamar, eu já pesquisei na internet em diversos sites mas não encontrei resposta, eu tenho uma plataforma de freelancers que lancei faz pouco tempo e resolvi fazer anúncios para atrair clientes (pessoas que precisem de site ou outros projetos do tipo), eu tenho segmentado os anúncios para pessoas de 24 à 39 anos com interesse em empreendedorismo, marketing digital e social marketing porém quando eu ativo o anúncio chegam dezenas de curtidas de pessoas que nitidamente tem 15 ou 16 anos e que colocam em seu perfil que trabalham no “bonde do menor” e a não ser que o “bonde do menor” seja uma instituição séria em busca de lucros, eu acredito que realmente meus investimentos estão indo por água abaixo.

    Você sabe como posso fazer para reclamar disso, aconteceu em 3 anúncios e nos 3 eu tinha segmentações diferentes, mas o público é sempre o mesmo

    Muito obrigado pela atenção

  • Avatar
    Marcello Ruoppolo
    Responder

    Olá Camila, tudo bem?

    Estou tendo um problema sério com facebook ads, eu gostaria de saber se tem algum jeito de eu entrar em contato com eles para reclamar, eu já pesquisei na internet em diversos sites mas não encontrei resposta, eu tenho uma plataforma de freelancers que lancei faz pouco tempo e resolvi fazer anúncios para atrair clientes (pessoas que precisem de site ou outros projetos do tipo), eu tenho segmentado os anúncios para pessoas de 24 à 39 anos com interesse em empreendedorismo, marketing digital e social marketing porém quando eu ativo o anúncio chegam dezenas de curtidas de pessoas que nitidamente tem 15 ou 16 anos e que colocam em seu perfil que trabalham no “bonde do menor” e a não ser que o “bonde do menor” seja uma instituição séria em busca de lucros, eu acredito que realmente meus investimentos estão indo por água abaixo.

    Você sabe como posso fazer para reclamar disso, aconteceu em 3 anúncios e nos 3 eu tinha segmentações diferentes, mas o público é sempre o mesmo

    Muito obrigado pela atenção

  • Avatar
    William
    Responder

    Com tanto conteúdo que a Camila tem pra divulgar, os entrevistadores ficam batendo na tecla do funcionário poder ou não pode usar rede social, e outras questões básicas. Ponto pra record que ganhou autoridade com a presença da Camila.

  • Avatar
    William
    Responder

    Com tanto conteúdo que a Camila tem pra divulgar, os entrevistadores ficam batendo na tecla do funcionário poder ou não pode usar rede social, e outras questões básicas. Ponto pra record que ganhou autoridade com a presença da Camila.

  • Avatar
    Marcelo
    Responder

    Parabéns pela entrevista!

  • Avatar
    Marcelo
    Responder

    Parabéns pela entrevista!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial